Reinvenção não é novidade para o brasileiro Rafael dos Anjos

Ex-campeão dos leves venceu sua estreia nos meio-médios do UFC

No último sábado (17), Rafael dos Anjos deu início a um novo capítulo da sua trajetória profissional. O ex-campeão peso-leve venceu sua estreia entre os meio-médios com performance sólida sobre Tarec Saffiedine, último campeão da categoria no extinto Strikeforce.

Mas essa não é a primeira vez que RDA dá um jeito de superar as adversidades em sua trajetória no UFC. De fato, o niteroiense teve dificuldades logo em seu início na organização, quando foi nocauteado por Jeremy Stephens na estreia e superado nos pontos por Tyson Griffin em seguida.

Faixa-preta de jiu-jítsu de Roberto "Gordo", o lutador decidiu adicionar novas armas ao seu arsenal, e foi na luta contra Rob Emerson que mostrou uma nova habilidade: os chutes. Resultado? A primeira vitória no UFC.

"Algumas pessoas pensavam que eu só sabia lutar no chão," disse Rafael na época, em 2009. "Mas eu venho aperfeiçoando a minha trocação e venho melhorando a cada dia. Não fiquei surpreso com o que apresentei, sei do meu potencial e sabia que no jogo em pé ia complicá-lo."

A partir de então, começou um caminho vitorioso que levou o atleta a ser o primeiro brasileiro a conquistar o cinturão da categoria dos leves no Ultimate. Dos Anjos chegou a defender o título uma vez, com um nocaute sobre Donald Cerrone em dezembro de 2015, mas perdeu a coroa em julho de 2016, derrotado por Eddie Alvarez.

O brasileiro sofreu nova derrota no mesmo ano, para Tony Ferguson, e foi então que veio a decisão de mudar. Rafael, que fora do período de competição chega a pesar 90kg, percebeu que o corte para os 70kg estava atrapalhando sua performance e sua saúde, e a solução foi subir para os meio-médios, que tem o limite de 77kg. O resultado vimos no UFC Singapura: um lutador com motivação renovada.

Ainda é muito cedo para dizer que Dos Anjos se reinventou? Provavelmente sim, afinal foi apenas sua estreia na divisão que abriga alguns dos lutadores mais perigosos de todo o Ultimate. Ele mesmo admitiu ainda precisar de alguns ajustes para se adaptar ao novo peso. Mas uma coisa é certa: o primeiro passo foi dado. 

RDA mira cinturão dos meio-médios | Fatos que entraram para a história | Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC

Watch Past Fights

Midia

Recente
Floyd Mayweather x Conor McGregor será uma superlutas de 12 rounds pelos meio-médios, que colocará o lendário boxeador Mayweather contra a estrela do MMA Mcgregor, em evento marcado para o dia 26 de agosto, na T-Mobile Arena, em Las Vegas.
15/08/2017
Floyd Mayweather x Conor McGregor será uma superlutas de 12 rounds pelos meio-médios, que colocará o lendário boxeador Mayweather contra a estrela do MMA Mcgregor, em evento marcado para o dia 26 de agosto, na T-Mobile Arena, em Las Vegas.
14/08/2017
A partir desta segunda-feira os fãs encontrarão todo o conteúdo produzido pelo o UFC na homepage do UOL. Entrevistas exclusivas, Bolão UFC e muito mais.
14/08/1989
Sergio Pettis fala sobre a estratégia que usou para superar Brandon Moreno na luta principal do UFC México.
06/08/2017