Rafael dos Anjos cogita title shot imediato caso vença no UFC 215

Ex-campeão dos leves encara Neil Magny neste sábado (9)

Rafael dos Anjos vai em busca de sua segunda vitória nos meio-médios do UFC neste sábado, quando encara Neil Magny no card principal do UFC 215. Mas o brasileiro, que foi campeão dos leves, sabe que um triunfo pode significar muito mais do que mais um resultado positivo no cartel.

Recentemente o matchmaker do UFC Sean Shelby revelou que RDA estava cotado para enfrentar o campeão meio-médio Tyron Woodley no UFC 214 caso Demian Maia não pudesse aceitar o desafio. A luta acabou não acontecendo, mas serviu para mostrar o lugar de Rafael na categoria.

"Foi bom para saber que eu estou nos pensamentos [do UFC]. Acho que uma vitória nesse sábado me coloca como desafiante", disse em conversa com a reportagem do UFC Brasil. "Por ser ex-campeão, acho que encurtou o caminho. Isso tem um peso".

Mas antes de pensar em entrar para a seleta lista de atletas que conquistaram títulos em categorias distintas, ele precisa passar por Magny, um dos atletas mais ativos da divisão e que vem de vitória sobre Johny Hendricks.

O norte-americano é cerca de 15 cm mais alto que o brasileiro, mas RDA afirma que o tamanho não será um problema.

"Ele é um cara comprido, e eu luto bem com atletas maiores. Acho que ele tem bastante gás, condicionamento bom, vem acelerando a luta. Eu acho que ele é um cara duríssimo, mas não tem um ponto que é muito bom, ele faz de tudo um pouco. Vai ser uma boa luta", disse.

O evento será transmitido neste sábado (9) a partir das 19h45 no Canal Combate. Assine e não perca! 

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Baixe o aplicativo do UFC

Watch Past Fights

Sábado, Outubro 7
Las Vegas, Nevada

Midia

Recente
Brasileira fala do triunfo sobre Claudia Gadelha por decisão unânime dos jurados na luta co-principal do UFC Japão.
23/09/2017
Brasileiro comenta a vitória por finalização sobre Ulka Sasaki no UFC Japão e pede disputa pelo cinturão dos pesos-mosca.
23/09/2017
Ovince Saint Preux comenta a vitória por finalização sobre o veterano Yushin Okami na luta principal do UFC Japão.
23/09/2017
Brasileira fala da sua vitória sobre Claudinha Gadelha por decisão unânime na luta co-principal do UFC Japão.
23/09/2017