Rankings: vencedores em Londres, Manuwa e Nelson se consolidam

Em nova atualização, atletas não sobem, mas se credenciam a desafios maiores

Pouco mudou em termos de posições após a mais recente atualização dos rankings oficiais do UFC, na última quarta-feira. Entretanto, se, por um lado, os grandes vencedores do UFC Londres, evento do último sábado, não galgaram novas posições, eles certamente consolidaram suas atuais e se credenciaram a desafios maiores no futuro.

Jimi Manuwa, que nocauteou Corey Anderson na luta principal do evento, segue como o quarto colocado na divisão dos meio-pesados e se firma de vez no Top 5 da divisão, de olho nos duelos entre Daniel Cormier e Anthony Johnson, e entre Alexander Gustafsson e Glover Teixeira, atletas que estão à sua frente e colidem nos próximos eventos.

Mais UFC Londres: Pickett compara aposentadoria a funeralNelson explica finalização | Pickett lamenta derrota em despedida | Pontos de discussão | "Está na hora do cinturão", diz Manuwa | Manuwa vence Anderson no 1º round | Confira os resultados | Bodão agradece apoio | Qual foi a melhor luta do UFC Londres?

Gunnar Nelson superou de vez a derrota sofrida para Demian Maia em 2015. O islandês venceu a segunda seguida por finalização e continua com a 9ª posição no ranking dos meio-médios. Todavia, após superar de maneira dominante dois duros oponentes - porém não rankeados -, Nelson volta a olhar para a parte de cima do Top 10.

Os prospectos Arnold Allen (peso-pena) e Marc Diakiese (peso-leve) ainda não entraram nas listas de suas concorridas divisões; porém, após chegarem à terceira vitória seguida cada um no octógono, começam a bater na porta dos oponentes por um duelo que possa credenciá-los.

Em uma mudança não relacionada ao evento, cinco pesos-galo ganharam posições após a saída de Michael McDonald do Ultimate. Entre eles, os brasileiros Thomas Almeida, Johnny Eduardo e Iuri Marajó, que agora são, respectivamente, 9º, 11º e 12º na categoria.

Midia

Recente
Relembre alguns dos melhores momentos da carreira de Lyoto Machida. O brasileiro volta ao octógono no dia 28 de outubro para enfrentar Derek Brunson na luta principal do UFC SP. Assine o Canal Combate > http://ufc.uol.com.br/assinecombate
21/08/2017
Em 28 de outubro, o UFC desembarca em São Paulo, com evento que marca o retorno de Lyoto Machida ao octógono. O ex-campeão fará a luta principal contra Derek Brunson, no Ginásio do Ibirapuera. Assine o Canal Combate > http://ufc.uol.com.br/assinecombate
21/08/2017
Campeão dos leves e uma das figuras mais emblemáticas do UFC, Conor McGregor sempre usou o Twitter para ressaltar seus feitos e profetizar conquistas. Confira a linha do tempo dos últimos cinco anos.
20/08/2017
Floyd Mayweather x Conor McGregor será uma superlutas de 12 rounds pelos meio-médios, que colocará o lendário boxeador Mayweather contra a estrela do MMA Mcgregor, em evento marcado para o dia 26 de agosto, na T-Mobile Arena, em Las Vegas.
15/08/2017