Duas paixões nacionais ligadas pela emoção

Bruno Gagliasso estreia Blog no UFC Brasil. Agora, toda semana, os fãs poderão acompanhar as opiniões desse apaixonado por MMA.
Ao falar do UFC 198, é inevitável não começar por constatar o fato de que, além de histórico, ele será realizado dentro de um estádio no país do futebol. Fato esse que fará muitos brasileiros repetirem o ritual de levar as suas famílias às arquibancadas, cadeiras especiais, numeradas e etc, para torcer de coração por uma seleção, composta dessa vez por 15 craques brasileiros, em um card que, para fazer jus a toda emoção que o esporte praticado no gramado nos trouxe, a organização conseguiu montar um dos melhores (se não o melhor) de todos os tempos.
    
Dentro da caixinha de surpresas que é o MMA, não tem como imaginar o que vai vir, por isso cada luta é uma emoção única. Detalhe que faz o intervalo entre uma e outra ser tão importante para o público quanto o que separa os rounds é para os lutadores, salvando fôlego e mantendo a capacidade de concentração pronta para encarar mais um, ou uma.

Pesagem do UFC 198 recebe 15 mil fãs e bate recorde do Ultimate

No meio de muitos gritos, sustos, comemorações, surpresas e as vezes até algumas tentativas de acertar o adversário, mesmo estando do outro lado da tela ou apenas a metros de distância e separados por uma grade do octogon, estaremos nós, torcedores. Dentro dele estarão os lutadores, nossos guerreiros, estrelas maiores do evento e motivo principal de todo esse turbilhão de sentimentos.  Em ambos os lados cada um faz a sua parte, mas juntos em energia e compartilhando da mesma vontade, não perder nenhuma luta.

O UFC 198 está chegando para fazer história, mas uma história que a gente começou a escrever a muito tempo.

E é com entusiasmo e orgulho que me arrisco a dizer: o MMA já é a nova paixão Brasileira. Até lá!
Sábado, Outubro 7
Las Vegas, Nevada

Midia

Recente
Brasileira fala do triunfo sobre Claudia Gadelha por decisão unânime dos jurados na luta co-principal do UFC Japão.
23/09/2017
Brasileiro comenta a vitória por finalização sobre Ulka Sasaki no UFC Japão e pede disputa pelo cinturão dos pesos-mosca.
23/09/2017
Ovince Saint Preux comenta a vitória por finalização sobre o veterano Yushin Okami na luta principal do UFC Japão.
23/09/2017
Brasileira fala da sua vitória sobre Claudinha Gadelha por decisão unânime na luta co-principal do UFC Japão.
23/09/2017