Claudia Gadelha - Perfil Oficial da Lutadora do UFC®
Claudia
Gadelha
15-3-0( V-D-E )
Current Rank: #1 Women Strawweight
Fight Night Bonuses: 1 Performance of the Night / 2 Fight of the Night

Histórico de Lutas

Comparação de habilidades

Gráficos são compilados s baseado nos resultados de 7 lutas.
Recorde: 15-3-0
Sumário: Força, Jiu-Jitsu

Informações do lutador

Apelido: Claudinha
De: Mossoró, Rio Grande do Norte Brasil
Representando: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro Brasil
Idade: 28
Altura: 5' 4" ( 162 cm )
Peso: 115 kg ( 52 kg )
Reach 63"
Leg Reach 32"

Golpes

Tentativa total de golpes
0
740
42% de sucesso
313
Total de golpes bem sucedidos
0
313
73% Em pé
13% de sucesso
13% de sucesso
230
42
41
Defesa de golpes
61
%
Porcentagem total de golpes evitados

Grappling

Total de quedas
0
47
57% de sucesso
27
Tipo de quedas bem sucedidas
 
 
{0}% Finalização
{0}% Passagens
{0}% Raspagens
5
19
0
Takedown defesa
83
%
Porcentagem total de quedas evitadas
Resultado Lutadores Evento G Q F P Método Reprise Awards
Loss
Claudia Gadelha
22 set 2017
42
141
0
4
2
0
0
5
R3 Decision - Unanimous
Fight of the Night
Win
Claudia Gadelha
3 jun 2017
8
9
1
0
1
0
2
0
R1 Submission
Performance of the Night
Win
Claudia Gadelha
19 nov 2016
34
22
6
0
1
0
2
0
R3 Decision - Unanimous
Claudia Gadelha
8 jul 2016
176
63
1
4
0
0
0
5
R5 Decision - Unanimous
Fight of the Night
Win
Claudia Gadelha
1 ago 2015
111
70
4
0
0
0
3
0
R3 Decision - Unanimous
Loss
Claudia Gadelha
13 dez 2014
27
38
7
0
1
0
2
0
R3 Decision - Split
Win
Claudia Gadelha
16 jul 2014
70
29
5
0
2
0
5
0
R3 Decision - Unanimous

Biografia

Claudia Gadelha possui um lugar importante na história do UFC, mas não há dúvidas de que ela está trabalhando para chegar a um lugar ainda mais alto.

Gadelha venceu a primeira luta peso-palha no UFC, derrotando Tina Lahdemaki por decisão unânime em julho de 2014, no UFC Fight Night Atlantic City. Isso a colocou em um caminho para conquistar o cinturão.

E isso já teria acontecido, se não fosse por Joanna Jedrzejczyk, suas únicas derrotas em seu cartel de 15-2. Na primeira vez, Gadelha perdeu para a polonesa em uma polêmica decisão dividida em dezembro de 2014. Na oportunidade, a lutadora quebrou seu dedo no primeiro round daquela luta.

Por outro lado, a brasileira vem sendo perfeita, ganhando sete lutas por finalização e duas por nocaute, ocupando o primeiro lugar no ranking peso-palha do UFC. A faixa preta de jiu-jitsu começou sua carreira em 2008 e conquistou dez vitórias consecutivas antes de ingressar no Invicta FC.

Um nariz quebrado não deixou com que Gadelha lutasse no cinturão inaugural peso-palha do Invicta contra Carla Esparza, mas ela fez sua estreia em junho de 2013 com o nocaute técnico sobre Ayaka Hamasaki.

Gadelha assinou com o UFC em 2013 para competir no TUF que iria coroar a primeira campeã da categoria do UFC, mas depois de consultar seus treinadores, ela achou melhor não participar e optou começar sua carreira no octógono contra Lahdemaki.

Depois de perder para Jedrzejczyk em Phoenix, em 2014, ela conseguiu bater a veterana do MMA Jessica Aguilar no UFC 190, o que a colocou novamente na posição de disputar o cinturão novamente.

"Eu e Joanna precisamos lutar novamente para provar quem é a melhor peso-palha do mundo", disse a lutadora.

Por fim, Joanna venceu o segundo duelo por decisão unânime, em julho de 2016, mas sua história não parou por aí. Ela continua trabalhando duro para chegar ao topo. É esse tipo de legado que ela procura e quer deixar no UFC.


TREINAMENTO: Estou procurando aperfeiçoar meu MMA e ficar mais esperta nesse camp. Estou gostando muito dos meus treinos na altitude de Albuqueruqe e acho que isso vai fazer uma grande diferença na minha resistência.

Quando e por que você começou a lutar? Me apaixonei pelo jiu-jitsu muito cedo, eu era muito jovem.

Quais títulos e graduações você possui? Sou faixa preta no jiu-jitsu sob a tutela de Andre Pederneiras.

Você tem algum herói? Meu pai.

O que significa para você lutar no UFC? É um sonho realizado.

Você fez faculdade e, se sim, no que se formou? Sim, eu cursei Direito.

Qual era o seu emprego antes de começar a lutar? Luto desde muito cedo e foi isso que me ajudou a pagar a faculdade.

Alguma realização específica em competições amadoras? Fui três vezes campeã mundial de jiu-jitsu na categoria faixa marrom.

Técnica favorita de luta agarrada: Mata-leão.

Técnica favorita de luta em pé: Uppercut.
• Profissional desde 2008;

• Sete vitórias por finalização (cinco chaves de braço, dois mata-leões), duas por nocaute;

• Oito vitórias no primeiro round;

• Possui uma vitória sobre a veterana do UFC Valerie Letourneau em 2012.

Carreira

Mais lutadores